Causas, sintomas e tratamento da amigdalite. Definição e detalhe dos diferentes tipos de amigdalite, nomeadamente amigdalite viral, amigdalite aguda bacteriana e amigdalites de repetição. Abordamos todos os tipos de tratamentos, médicos, alternativos e naturais.


Amigdalite bacteriana e seu tratamento

As amigdalites causadas por bactérias, costumam causar pontos de pus nas amígdalas e aumento dos linfonodos (gânglios) do pescoço. A amigdalite bacteriana também pode causar edema da úvula e petéquias (pontos hemorrágicos) no palato. A febre da infecção bacteriana costuma ser mais alta que na viral, mas isso não é uma regra, já que há casos de gripe com febre bem alta.
A presença de pus e gânglios aumentados na região do pescoço fala fortemente a favor de uma amigdalite bacteriana. Entretanto, algumas infecções virais, como a mononucleose infecciosa também podem cursar com estes achados.
Se o quadro sugerir amigdalite bacteriana, devemos iniciar antibióticos visando não só acelerar o processo de cura, mas também a prevenção das complicações e da transmissão para outras pessoas da família, principalmente aquelas com contato íntimo e prolongado.
Para se evitar as complicações das amigdalites bacterianas descritas acima, o tratamento deve ser sempre feito com antibióticos. Na maioria dos casos, em 48h já há uma grande melhora dos sintomas.
O tratamento com antibióticos derivados da penicilina, como amoxacilina, deve ser feito por 10 dias. Nos pacientes alérgicos a penicilina uma opção é Azitromicina por 5 dias. Naqueles doentes com intenso edema da faringe, que não conseguem engolir comprimidos, ou naqueles que não desejam ficar tomando remédio por vários dias, uma opção é a injeção intramuscular de penicilina Benzatina, o famoso Benzetacil, administrado em dose única.
Se os sintomas da amigdalite bacteriana forem muito fortes, enquanto se espera o efeito dos antibióticos, pode-se usar anti-inflamatórios para aliviar a inflamação da garganta. Mas atenção, os anti-inflamatórios são apenas sintomáticos, eles não tratam a infecção bacteriana.

Fonte: Post do Dr. Pedro Pinheiro, em http://www.mdsaude.com/2009/03/dor-de-garganta-faringite-amigdalite.html
Índice dos artigos relativos a Amigdalite
POSTAGENS POPULARES
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL