Causas, sintomas e tratamento da amigdalite. Definição e detalhe dos diferentes tipos de amigdalite, nomeadamente amigdalite viral, amigdalite aguda bacteriana e amigdalites de repetição. Abordamos todos os tipos de tratamentos, médicos, alternativos e naturais.


Amigdalite Viral e seu tratamento

Todas as pessoas têm duas amígdalas, uma de cada lado da garganta, e essas massas de tecido são uma primeira linha de defesa do corpo contra bactérias e vírus que entram na sua boca ou nariz. Amigdalite (inflamação das amígdalas) é mais comum em crianças com idade superior a 2 anos, mas pode ocorrer também em adultos.
Amigdalite viral não pode ser tratada com antibióticos, e muito provavelmente irá resolver por conta própria em cerca de uma semana a 10 dias. Se você tiver amigdalite bacteriana ou viral, existem tratamentos que podem ser realizados em casa, permitindo que o paciente se sinta mais confortável e recupere de modo correto. Estes tratamentos podem incluir:
  • Descansar bastante;
  • Comer alimentos leves (por exemplo, sopas, batidos);
  • Beber líquidos extra;
  • Usar uma medicação para a dor (por exemplo, paracetamol, ibuprofeno);
  • Gargarejar com água morna e sal;
  • Usar pastilhas para a garganta para aliviar a dor;
  • Usar um humidificador para aumentar a humidade do ambiente;
Em casos graves de amigdalite, especialmente quando as amígdalas estão inchadas e existe obstrução das vias aéreas, pode ser necessária a hospitalização.


Amigdalite crônica

Pessoas que têm amigdalite crônica ou amigdalite que se repete com frequência (cinco a sete vezes por ano ou mais), poderão ser aconselhadas pelo seu médico a serem sujeitas a uma amigdalectomia, que é um procedimento cirúrgico para remover as amígdalas. No entanto, a maioria das pessoas com amigdalite não precisa de uma amigdalectomia.

Porque a amigdalite é contagiosa, você pode ajudar a proteger os outros membros da família ao manter pratos e utensílios do paciente separados dos de outros membros da família, e lavar todos os pratos e utensílios com água quente e sabão. Você também pode ajudar a prevenir a propagação de amigdalite através da lavagem frequentemente das mãos, evitando tocar sua boca ou nariz, e cobrir a boca ao tossir ou espirrar.

Condições que por vezes pode ser confundidas com amigdalite incluem a adenoidite, dor de garganta, faringite, gripe, laringite, ou resfriado,


ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL